Quem inventou a distância nunca sofreu a dor de uma saudade.

Depois de ler os textos de "DiannaSousa" atrevi-me a postar um dos que mais me fascinou...ela retrata os sentimentos de uma forma profunda. Talvez o verdadeiro amor exista mesmo...mesmo que à distância.

Não sei o que fazer, é uma pressão enorme no meu peito...ter vontade de gritar e não conseguir, ter vontade de fugir para longe daqui, ter vontade de te abraçar, te beijar e dizer-te bem baixo ao ouvido "estou aqui"...mas não passam de vontades! Quando me deito penso em ti, acho que é isso que me faz sonhar todas as noites...contigo, connosco. Nunca falei tão a sério de uma coisa tão forte que sinto no peito, é o limite do sofrimento, é matar-me aos poucos por dentro, uma dor lenta, mas forte...que dura e dura e magoa. Ela não sabe o meu nome, mas eu sei o dela, chama-se saudade...habita no peito de muita gente, chega a sufocar. Quantas vezes eu passei a mão numa fotografia tua... acho que dentro de mim?se sente a esperança que sintas o meu toque... passam dias, horas, meses sem te ver...sem te abraçar, embalar, beijar...sentir o teu toque no meu rosto e ouvir o teu perguntar ao meu ouvido "amas-me"?? porque nada me arrepia tanto, quanto o teu respirar no meu pescoço , e a distância, rouba-me a capacidade de citar "estou sempre do teu lado", porque não estou. é disto que vive a saudade... do sofrimento alheio, do sufoco. Ja adormeci a chorar por ti, já sorri a pensar em ti, já lutei por nós, já te disse que fugia para estar perto, que te amaria para sempre, que gostaria de estar do teu lado, que deixaria tudo para trás, que só te quero a ti, que não vivo sem nós, que és tudo o que me move mas PORRA! afasta esta distância, este silêncio, esta solidão. Não faças o que os outros te dizem para fazer, arrisca, por mim, por ti, por nós. Se eu ficar mais fria com esta distância não aches estranho, estou a sofrer, sem ti... Pensa, não há saudade que destrua um verdadeiro amor, e com tudo o que vivi até hoje? já me queimei com quem mais amava por ser tão fiel, já caí por levantar alguém. já chorei para satisfazer alguém. A saudade não mata, torna-nos mais fortes, mas mesmo assim?conto os segundos para te ver, para ver esse sorriso, porque não há quem te ame tanto quanto eu, não quem sonhe tantas vezes contigo como eu, não há quem pense em ti quanto eu, não há ninguém quem possa dizer que eu não te amo. Vou estar sempre que puder do teu lado, nada me vai separar de ti. É impossível não pensar em ti, impossível não olhar para uma foto tua e dizer, fonix "tens o sorriso mais lindo do mundo"...tens mesmo! Para mim és das pessoas mais perfeitas que encontrei em toda a vida. Como tu nunca ninguém me tocou, nunca ninguém me olhou e ninguém sabe acariciar-me do jeito que tu sabes...como tu não existe ninguémm, como nós não existe ninguém... Quanto mais te vejo, mais te amo...é impressionante não é? Sabes que estou disposta a dar-te o mundo, mas se não é o mundo que tu queres deixa-me ir... É fantástica a maneira como me fascinas, foi incrível este último ano sem dúvida...eu daria tudo por ti...e tu???
  • Estás en:
  • Inicio
  • Blogs
  • Quem inventou a distância nunca sofreu a dor de uma saudade.
  • Tão perto e tão distinto

    Existem particularidades das festas, costumes e tradições de Ano Novo e Reveillon ao redor do mundo. Neste caso Portugal e Espanha. Bem, foi o primeiro ano que não passei a passagem de ano com a minha família diretamente. Estava em outro país e por motivos de trabalho não me foi possível "voltar às origens". Talvez as pessoas pensem "ya, é rotina ter a família toda reunida..." bem mas podem crer quando não passamos por essa "rotina" se sente algo, é algo que não se explica...sente-se! Foi uma experiência nova e boa, estive com...

  • Para que não restem dúvidas

    Existem desafios para um amor à distância..."oxalá estivesses aqui..." E hoje...hoje posso dizer que já conheci a pessoa mais importante da minha vida, que me mudou, que me fez feliz e faz ainda só pelo fato de existir...me ensinou o que é amar de verdade. A cada dia, minuto e segundo, o que eu sinto por ele cresce cada vez mais.

  • O poder de um abraço

    Quantos abraços recebemos na vida? e quantas pessoas abraçamos?. Mas sempre existirá aquele abraço inesquecível, vindo de uma pessoa que de alguma forma marcou ou continua a marcar a nossa vida. Há abraços duradouros, aqueles de sessenta segundos, outros passageiros, de três minutos, no máximo cinco segundos, mas para ser inesquecível, independentemente da duração, importa somente a intensidade depositada no abraço. Através de um gesto tão simples podemos sentir a pessoa amada. Um abraço pode fazer-nos sentir nas nuvens, mas também nos fixa no chão, acalentando o coração.

  • Tenho saudades...

    E porque sei que foi apenas uma vírgula...mas também não será um ponto final, o verdadeiro AMOR não tem finais... Tenho saudades tuas...Saudades dos nossos bons e até dos maus momentos... Saudades das nossas conversas sem pé nem cabeça, Saudades de quando discutiamos... Tenho saudade das nossas aventuras...Saudades da nossa vida, que não era de todo parecida... Saudades de quando me fazias rir com o teu jeito parvo e até de quando me olhavas com cara de ódio por estar a gozar contigo (porque sei como te irrit...

  • Quem inventou a distância nunca sofreu a dor de uma saudade.

    Depois de ler os textos de "DiannaSousa" atrevi-me a postar um dos que mais me fascinou...ela retrata os sentimentos de uma forma profunda. Talvez o verdadeiro amor exista mesmo...mesmo que à distância. Depois de ler os textos de "DiannaSousa" atrevi-me a portar um dos que mais me fascinou...ela retrata os sentimentos de uma forma profunda. Talvez o verdadeiro amor exista mesmo...mesmo que à distância. Não sei o que fazer, é uma pressão enorme no meu peito...ter vontade de gritar e não conseguir, ter vontade de fugir para longe daqui, ter vontade de te abraçar, te beijar e dizer-te bem baixo ao ...